Ilustrações e escritos, ficcionais ou não, por Maria Eloise

quinta-feira, 21 de abril de 2016

Versos sobre minha prosa

 

Gosto de cantar verso
Gosto de contar prosa
Gosto de causar angústia
Ou uma alegria gostosa

Mas uma dúvida incômoda
Invadiu meu coração
Tem a ver com a prosa crua
Que concebo de lápis a mão

Sei que sou poeta
A cada palavra que verso
Mas será que há poesia
Quando descrevo um meu universo?

Será que houve poesia
Cada vez que pari minhas histórias?
Ou as narrações foram um amontoado
De palavras aleatórias?

Há poesia na minha prosa?
Mas que tema foi esta glosa!

Nenhum comentário:

Postar um comentário