(In)Sanidade

Adoro me perder em minha própria insanidade. Adoro me encontrar na minha 'lucidez'. Gosto de ficar nesse vai e vem, que pode durar minutos, horas ou dias, para no fim, como numa 'pequena morte', liberar tudo o que há dentro de mim de uma só vez. É uma sensação indescritível e prazerosa. Ou não. Nem sempre será prazerosa. Pode ser também angustiante ou causar um grande alívio. Libertar o que se acumula na mente, no coração e no corpo... será que existem palavras para descrever apropriadamente essa sensação? Isso eu não sei, mas para mim é um momento de insanidade dos 'sãos' e de 'sanidade' dos insanos.

Comentários

  1. profundo, misai-misai. ;) :p *0* :3 e lindo. amei sua teoria da criação e da insanidade. this is more than perfect!!!!!! :3

    ResponderExcluir
  2. Muito profundo! Eu amei a forma como você descreveu!! <3

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

As glórias de Eva

Borboleta - O clamor das asas